António Cruz Monteiro vence Templários Rally Classic por 0,9 segundos

News date: 6 May 2022

A prova organizada pelo Motor Clube de Tomar contou com a presença de quase cinco dezenas de equipas.

A prova organizada pelo Motor Clube de Tomar contou com a presença de quase cinco dezenas de equipas.

Os milhares de espetadores que, durante os dois dias de competição, acorreram aos troços cronometrados e à Super Especial noturna que faziam parte desta edição de 2022 do Templários Rally Classic, testemunharam um Rali “Legend” que foi muito para lá do espetáculo com emoção competitiva até ao fim.

Aos comandos do Peugeot 208 T16 R5 da equipa Grupo NOV LPM, O piloto de Leiria, navegado por Nuno Sousa, saiu por cima de um duelo sem tréguas que travou com Carlos Fernandes e Pedro Afonso, estes aos comandos de um Mitsubishi Lancer EVO VI, alcançando a primeira vitória absoluta da sua carreira.

António Cruz Monteiro, na penúltima prova especial, fez um tempo tremendo e venceu, colocando o Peugeot 208 T16 R5 no comando, já que Carlos Fernandes sofria as consequências de um peão e perdia 9,6 segundos.

Como tal, a derradeira especial viu os dois partirem separados por 2,2 segundos.

Carlos Fernandes “voou” para um tempo colossal que lhe daria o triunfo no troço, mas António Cruz Monteiro respondeu “à letra” tirando à sua marca da primeira passagem 6,6 segundos e segurou o triunfo por 9 décimas!

O regulamento do rali contemplava três grupos diferentes, Open, Sport e Históricos.

António Cruz Monteiro e Nuno Sousa foram naturalmente a equipa vencedora entre os Open, Com Carlos Fernandes e Pedro Afonso a superiorizarem-se nos Sport. Entre os Históricos, Vítor Cardeira e João Sequeira impuseram o seu Ford Escort MKII, terminando num excelente 9º lugar da geral entre as 36 equipas que lograram concluir a prova.