Lena Engenharia & Construções nasceu há 50 anos

News date: 20 May 2024

Foi em 1974 que nasceu a Lena Engenharia & Construções, mas a sua origem é anterior e deriva do espírito empreendedor do seu fundador António Vieira Rodrigues que, já na década de 50, se dedicava a atividades ligadas a terraplanagens e construções. Em maio de 1974 nasceu a Construtora do Lena, hoje, Lena Engenharia & Construções (LEC).

Sob a liderança do fundador e dos seus filhos, e a partir da cidade de origem, Leiria, a Construtora do Lena, foi crescendo, ganhou dimensão nacional e internacional, sendo responsável por diversas obras emblemáticas nas áreas de Construção e Obras Públicas.

Posicionou-se internacionalmente, ainda na década de 90, em mercados como a Roménia, Bulgária, Moçambique, Marrocos, Argélia, Angola e, mais recentemente, Venezuela e Colômbia. Em todos os mercados a empresa conseguiu alcançar uma posição de destaque e consolidar uma imagem de referência pelo know-how demonstrado nas obras feitas.

Detentora de Alvará de Obras Públicas n.º 711 com Categoria 9 (a mais elevada para empresas de construção), é especializada na conceção, construção e gestão de Obras Públicas e Privadas, com um extenso portfolio onde predominam projetos nos segmentos das vias de comunicação, obras de arte, edifícios residenciais e não residenciais, infraestruturas desportivas ou infraestruturas ambientais, entre outras. Ao todo, se considerarmos apenas a partir da década de 90, podemos contabilizar mais de 300 obras realizadas em território nacional (Portugal e Ilhas) e internacional.

Em Portugal, a marca Lena está presente em várias infraestruturas, bem conhecidas e, a partir de 2007, com a aquisição da Construtora Abrantina, a Lena Engenharia & Construções transformou-se numa das maiores empresas nacionais no seu setor.

Alguns exemplos dessa dimensão, no segmento das vias de comunicação e obras de arte, foram a autoestrada A8 em 2002, a Ponte das Lezírias em 2007, a A17 em 2008, o Túnel do Marão em 2016, ou, já em 2024, a variante de Arruda dos Vinhos. Nas outras infraestruturas, destaque para o envolvimento nas obras do Estádio Dr. Magalhães Pessoa em Leiria e Estádio do Algarve para o Euro 2004, o Metro do Porto – Linha Amarela em 2011, e Barragem do Baixo Sabor em 2015.

No mercado nacional, contam-se ainda diversas obras de edificação ou remodelação de Edifícios Habitacionais, Escolas, ETAR, Aterros, Parques Ambientais, Pavilhões Desportivos e Piscinas, Hospitais, Unidades de Saúde, Lares, Unidades Hoteleiras, Parques, Aeródromos, Gares Marítimas, remodelação de edifícios históricos, entre tantos outros.

Na área internacional o projeto de destaque foi a Mision Vivienda Venezuela, no qual a empresa se responsabilizou pelo desenho e construção de 12.500 habitações e duas fábricas de pré-fabricados, nas zonas de Cúa e Ocumare. Este projeto, no valor de 988 milhões de dólares, iniciou-se em 2011 e ainda se encontra em curso.

Mas outros empreendimentos foram desenvolvidos pela Lena Engenharia & Construções, nos mercados internacionais. Destaque para a construção de hospitais na Argélia, entre os quais Hospital de Cardiologia Pediátrica – DBK, ou a fase I do Hospital Militar de Tamanrasset, em pleno deserto. Em Angola, mercado onde se verifica a maior diversidade na tipologia de obras realizadas, destacam-se o Edifício Moncada Prestige em 2011, a Biblioteca de Malange em 2012, a Reabilitação do Palácio de N'Dalatando em 2013, o início da Reabilitação da Estrada Lucusse / Lumbala N'Guimbo, com extensão de 225 kms, em 2015, a construção da Barragem do Quizenga em 2022, e a construção do Edifício Alvalade Premium em 2023.

Este negócio internacional, transformou a Lena Engenharia & Construções no maior exportador da zona centro do país, com valores exportados, entre 2012 e 2016, superiores a 500 milhões de euros.

O sucesso da Lena Engenharia & Construções gerou um processo de diversificação de atividades que deram origem ao Grupo Lena. Construção, Imobiliária, indústria, Hotéis, Comunicação, Ambiente e Automóveis, foram atividades desenvolvidas pelo grupo, organizado a partir desta empresa, em 1998, e que se transformou num dos maiores grupos empresariais do país. Boa parte das empresas do antigo Grupo Lena, hoje fazem parte do Grupo NOV, um grupo NOVO com orgulho nas suas origens. A dimensão em negócios, emprego, impostos e resultados, reconquistados no Grupo NOV, devem-se às boas lições do passado.

Os 50 anos da Lena Engenharia & Construções são a celebração do salto, para a liberdade da sua ambição, para a construção da diversificação e para a riqueza que valoriza a região de origem e Portugal. Antonio Vieira Rodrigues e os seus filhos estão de parabéns. 50 anos da Lena Engenharia & Construções são 50 anos de revolução em prol da região, do país e das pessoas.